Tag Archives: Mexico

A Cidade do México, por pessoas locais

Viajar é bom, mas viajar com dicas de pessoas locais é muito melhor. Veja a seguir as dicas do meu amigo local da Cidade do México.

Memo Salina. @memosalinas7

Memo Salina. @memosalinas7

Vamos começar pela indicação de hotel:

Seus preferidos, assim como os meus, são o hotel Four Seasons e o St. Regis. Os dois são citados na minha lista de onde ficar na Cidade do México.

São maravilhosos hotéis luxuosos na capital mexicana, os dois muito bem localizados em regiões privilegiadas.

Clique na Imagem para fazer sua reserva com o booking.com

Clique na Imagem para fazer sua reserva com o booking.com

Clique na imagem para fazer sua reserva com o booking.com

Clique na imagem para fazer sua reserva com o booking.com

Após estar hospedado você precisa saber onde comer bem durante sua viagem. Para isso, o Memo Salinas recomendou o Rokai.

Rokai. Foto: Google

Rokai. Foto: Google

Um dos restaurantes de culinária japonesa mais bem avaliados da cidade, oferece almoço e jantar muito bons!

Ninguém gosta de ficar no hotel durante a noite todos os dias da viagem, por isso nosso guia da vez declarou parada obrigatória as nightclubs: 3 Nightlife e Dinsmoor.

Dinsmoor. Foto: Google

Dinsmoor. Foto: Google

A Dinsmoor é uma das baladas mais exclusivas da Cidade. Seu ambiente sofisticado fazem com que a nightclub seja muito bem avaliada. A música pode varias de eletronica a house music.

Para finalizarmos este guia com chave de ouro, a última dica é de um ponto turístico imperdível: o Palácio de Chapultepec.

Castelo de Chapultec. Foto: Google

Castelo de Chapultepec. Foto: Google

Também já indicado na minha lista de lugares para ir na Cidade do México, o Palácio é uma das arquiteturas mais famosas do México e é cercado de um jardim espetacular.

Gostou das dicas? Comenta aqui se você tem alguma indicação, quem sabe aparece nos próximos posts!

[show_shopthepost_widget id=”3564586″]

E não deixe de compartilhar para concorrer a uma viagem para as Maldivas.

Conheça o Hotel Papaya Playa Project, na Cidade de Tulum

O Papaya Playa Project em Tulum não resume se apenas em um hotel, mas a um conceito de estilo de vida.

Frequentado por um público boho jovem e sofisticado, o espaço é conhecido como “Luxo Descalço” e foi desenvolvido pelo Design Hotels e Emilio Heredia para pessoas criativas que estão buscando relaxar e se conectar com o seu eu interior e a natureza.

Juju Coelho em Tulum Veste Biquíni Rudi Gernreith e Pulseira Tohum.
Juju Coelho em Tulum Veste Biquíni Rudi Gernreith e Pulseira Tohum.

[show_shopthepost_widget id=”3577349″]

O paradisíaco PPP está localizado no caribe mexicano e é conhecido por ser parte do circuito eletrônico do México, estando ligado aos melhores Djs do mundo.

O Papaya Playa Project faz da música um componente chave da experiência, levando consigo a crença de que a música influencia, sim, na forma como o seu espírito e sua natureza estão ligados.

Festival de música eletrônica no Papaya Playa Project.
Festival de música eletrônica no Papaya Playa Project.

 Todas as áreas comuns do resort encorajam a colaboração criativa dos hóspedes e tem como principal objetivo promover uma vida holística e espiritual.

O local tem como sua maior responsabilidade a natureza e promorer valores de simplicidade, modéstia e respeito, celebrando através da música e da arte, cordialidade entre relações humanas e o benefício comum da comunidade. 

Juju Coelho em Tulum Veste Biquíni Rudi Gernreith e Pulseira Tohum.
Juju Coelho em Tulum Veste Biquíni Rudi Gernreith e Pulseira Tohum.

[show_shopthepost_widget id=”3577365″]

 A inspiração da arquitetura do local é o amor pela natureza e todas as casitas foram construídas através de uma técnica Maya de isolamento térmico interno através do uso de uma planta local denominada “Chukum”.

Todo o interior é construído e decorado por artesãos e artistas de todo o México.

Acomodações do Papaya Playa Project. Clique na imagem para fazer sua reserva pelo booking.com
Juju Coelho em Tulum Veste Biquíni Zimmermann e Pulseira Tohum.
Juju Coelho em Tulum Veste Biquíni Zimmermann e Pulseira Tohum.

[show_shopthepost_widget id=”3577386″]

Área externa do Papaya Playa Project.
Clique na imagem para fazer sua reserva pelo booking.com

O bacana do hotel é a experiência de imersão total com a natureza sem deixar de lado o prazer de ter um bom serviço,  sua piscina particular no topo de sua casita e o privilégio de se aconchegar em sua luxuosa casinha na árvore no meio da floresta a menos de 100 metros das águas azuis da riviera maya. 

Juju Coelho em Tulum Veste Biquíni Rudi Gernreith e Pulseira Tohum.
Juju Coelho em Tulum Veste Biquíni Rudi Gernreith e Pulseira Tohum.

[show_shopthepost_widget id=”3577349″]


Acomodações do Papaya Playa Project. Clique na imagem para fazer sua reserva pelo booking.com
Papaya Playa Project. Clique na imagem para fazer sua reserva pelo booking.com
Juju Coelho em Tulum Veste Maiô Araks e Pulseira Tohum.
Juju Coelho em Tulum Veste Maiô Araks e Pulseira Tohum.

[show_shopthepost_widget id=”3577390″]

Todo o projeto é baseado na constante busca em melhorar  o nosso ambiente natural e a comunidade local.

O PPP se concentra em muitas áreas-chave, como energia solar, tratamento e reuso de água, jardinagem e plantações, sourcing local, comércio justo, construção responsável, reciclagem de materiais e envolvimento da comunidade. 

 Papaya Playa Project. Clique na imagem para fazer sua reserva pelo booking.com
Papaya Playa Project. Clique na imagem para fazer sua reserva pelo booking.com
Juju Coelho em Tulum Veste Biquíni Rudi Gernreith e Pulseira Tohum.
Juju Coelho em Tulum Veste Biquíni Rudi Gernreith e Pulseira Tohum.

[show_shopthepost_widget id=”3577386″]

Conectando alma e mente do corpo, o projeto Spa at Papaya Playa baseia-se em um conceito de visão cósmica que reúne propriedades holísticas, terapêuticas e medicinais estimulando os sentidos, evocando um bem-estar espiritual geral e transmitindo apoio emocional, carinho e respeito.

Juju Coelho no Spa at Papaya Playa.
Juju Coelho no Spa at Papaya Playa.
Juju Coelho em Tulum Veste Biquíni Zimmermann e Pulseira Tohum.
Juju Coelho em Tulum Veste Biquíni Zimmermann e Pulseira Tohum.

[show_shopthepost_widget id=”3577386″]

O Hotel está situado no fundo do místico Maya Tulum, onde uma selva deliciosa beija uma praia intocada. Neste ambiente nutritivo, você encontrará uma nova, e única, forma luxuosa de criar um vínculo real consigo mesmo.
Aqui, o prazer, a viagem e os meios de vida coexistem em um estilo eclético adequado para o início de idéias futuras.
Bem-vindo ao Projeto Papaya Playa.

Gostou desse hotel? Comenta aqui o que achou e se tem experiências no Papaya Playa Project para compartilhar com a gente.

Faça sua reserva!

[show_shopthepost_widget id=”3577411″]

E não deixe de compartilhar este post nas redes sociais para concorrer a uma viagem para as Maldivas.

Quintonil. Foto: Google

Conheça o Quintonil, na Cidade do México

Fundado e liderado pelo casal Jorge Vallejo e Alejandra Flores, o restaurante Quintonil está desde 2015 na lista dos 50 melhores restaurantes do mundo, hoje ocupando o 9º lugar.

O chef Jorge Vallejo, apesar de novo, tem uma carga de experiências gastronômicas de dar inveja. Vallejo se formou em artes culinárias em Ambrosia, sua primeira experiencia profissional na cozinha foi trabalhando em cruzeiros pelo mundo. De lá o chef atuou nas cozinhas do Pujol, dos hotéis Condessa DF, Habita, Hotel Distrito Capital e em 2010 atuou como chef executivo da cozinha do St Regis.

Já Alejandra Flores é formada em administração de restaurantes no CESSA, mestra em administração de empresas com foco hospitalar e especializada em marketing no centro de educação Les Roches, na suíça. Foi trabalhando no Pujol que Alejandra e Jorge se conheceram, ela era diretora de operações do restaurante e do Grupo Enrique Olvera.

Quando o Chef deixou os hotéis, embarcou em uma experiencia de conhecimento em Copenhague. De volta ao México, Vallejo e sua esposa decidiram abrir o próprio restaurante: O Quintonil, onde Alejandra comanda o salão e administra e Vallejo lidera a cozinha e o menu.

No reconhecido restaurante de alta gastronomia, os pratos servidos carregam todo o conhecimento que o chef acarretou cozinhando e estudando nas cozinhas de todo o mundo. O que torna o menu ainda mais incrível é a utilização de ingredientes típicos da cozinha mexicana que são retirados de uma horta que tem no próprio restaurante, isso graças a iniciativa Origens, fundada por Vallejo em parceria com os chefs Mauro Colagreco, do restaurante Mirazur, na França e Virgilio Martínez, que lidera o restaurante Central, no Peru. A iniciativa zela por manter ingredientes, técnicas e costumes da cozinha de pequenas comunidades latino-americanas, sem utilização de agrotóxicos ou qualquer ingrediente artificial.

Falando em menu, o restaurante apresenta apenas a opção de menu degustação que sofre alterações durante o ano por conta da disponibilidade de ingredientes. Isso acontece tanto com os pratos, quanto sobremesas e até mesmo com a carta de vinhos e bebidas. O meu escolhido foi uma opção com 12 pratos, onde o que mais me encantou foi a reinvenção do guacamole, vale a pena provar. As sobremesas também são estonteantes, muito apetitosas.

O Quintonil, quando comparado a outro famoso e conceituado restaurante no México, o Pujol, poderia ter impressionado mais, mesmo assim é um restaurante sensacional. As apresentações estavam impecáveis, os pratos deliciosos e o lugar é super aconchegante e bonito. Um dos lemas do lugar é receber bem os clientes e trata-los como família, assim como todos os funcionários e isso é muito bem passado para quem vai ao restaurante.

Fui muito bem recebida e atendida ali, foi um prazer imenso estar com toda a equipe do Quintonil e ter essa nova experiência gastronômica. Espero voltar!

Clique na Imagem para fazer sua reserva com o booking.com

The best hotels to stay in Mexico City

The first doubt that arises when we travel is where to stay, not only in a hotel but also the city. Here are some tips for those who want to go to Mexico City, but still have this doubt.

1. Polanco District

If you’re looking for hype and sophistication, this is the perfect neighborhood for you.

At the Polanco, you will find the best bars and ballads, such as 1 OAK, a branch of a NEW York night house. It is very possible to cross with celebrities and important people belonging to the Mexican High Society since the neighborhood is the residence of these figures.

But If you prefer a restaurant, or something more like shopping, there you also have the option of the best shops and the best places to eat in the city.

The best hotels in the region and I indicate are:

– Hotel St. Regis

Click at this photo for bookar

Hotel St Regis Mexico City. Foto: Booking.com

Hotel St Regis Mexico City. Foto: Booking.com

A luxurious and comfortable place to stay. The St. Regis offers an indoor pool, three gourmet restaurants, and first-class rooms.

– W Mexico City

Click at this photo for bookar

W Mexico City. Foto: Booking.com

W Mexico City. Foto: Booking.com

This luxurious hotel you can enjoy a relaxing day at the spa or whatever/whenever services that offer everything you can imagine.

– Four Seasons

Clique at this photo for bookar

Four Seasons Mexico City. Foto: Booking.com

Four Seasons Mexico City. Foto: Booking.com

The Contemporary Hotel offers a 24-hour concierge service. Staying there you can enjoy the well-equipped gym and outdoor swimming pool and, after a busy day, who knows how to relax in the whirlpool or sauna.

For those looking for a more intimate environment, the Polanco also offers boutique hotels, which are super indicative, such as the Hotel Habita and the Dominion Polanco.

Clique at this photo for bookar

Dominion Polanco. Foto: Booking.com

Dominion Polanco. Foto: Booking.com

Habita

Clique at this photo for bookar

Hotel Habita. Foto: Booking.com

Hotel Habita. Foto: Booking.com

  • 2. Countess District

If your style is more good vibes, the Countess is the perfect place. Considered the chic hipster area of the city, the neighborhood is full of pubs and local brands to have fun.

The best hotels in the area are:

– Countness DF

Clique at this photo for bookar

Condessa DF. Foto: Booking.com

Condessa DF. Foto: Booking.com

A luxurious hotel that offers comfortable rooms and, in some units, a living room. The Countess DF also has a rooftop bar and a cinema room for those who enjoy it.

– Laredo 18

Clique at this photo for bookar

Laredo 18. Foto: Booking.com

Laredo 18. Foto: Booking.com

Another great option, in this case, the apartments have even a kitchen equipped with a microwave and a terrace that allows a breathtaking view.

3. Historical Center

The name already says on its own, in the center are located historical landmarks of the city, as the Metropolitan Cathedral, but it becomes away from the bars and the coolest ballads, which are in noble areas.

I Recommend the Hotel Downtown, located in the region, for those who have more explorer instinct and want to know the city center.

Clique at this photo for bookar

Hotel Downtown. Foto: Booking.com

Hotel Downtown. Foto: Booking.com

The Downtown is located in a 17TH-century palace that has been restored and transformed into one of the most elegant design hotels in the city. The accommodation, as elegant as the outdoor area, has high ceilings and tiled floors. The Hotel also has a bar with a terrace where you can see the city.

Another incredible option of a place to stay is the Hotel Marquis Reforma. The Hotel is located on Paseo de la Reforma Avenue, one of the main and most famous in Mexico City. At the Marquis, you have a luxurious setting and an incredible spa, plus have your comfortable accommodation overlooking the garden of Chapultepec Castle.

Clique at this photo for bookar

Hotel Marquis Reforma. Foto: Booking.com

Hotel Marquis Reforma. Foto: Booking.com

[show_shopthepost_widget id=”3538562″]

Clique na Imagem para fazer sua reserva com o booking.com

Onde se hospedar na Cidade do México

A primeira duvida que surge quando vamos viajar é onde se hospedar, não só em quesito de hotel, mas também de cidade. Aqui vão algumas dicas para quem deseja ir para a Cidade do México, mas ainda tem essa dúvida.

  1. Bairro Polanco

Se está em busca de badalação e sofisticação, esse é o bairro perfeito para você.

No Polanco você encontra os melhores bares e baladas, como a 1 OAK, uma filial de uma casa noturna de NY. É muito possível cruzar com celebridades e pessoas importantíssimas pertencentes a High Society mexicana, já que o bairro é residência dessas figuras.

Mas se prefere um restaurante, ou algo mais como compras, ali você também tem a opção das melhores lojas e os melhores lugares para comer da cidade.

Os melhores hotéis da região e que indico são:

– Hotel St. Regis

Hotel St Regis Mexico City. Foto: Booking.com

Clique na imagem para fazer a sua reserva pelo booking.com

Um luxuoso e confortável lugar para ficar. O St. Regis oferece piscina coberta, três restaurantes gourmets e quartos de primeira classe. Leia mais sobre o Hotel.

– W Mexico City

W Mexico City. Foto: Booking.com

Clique na imagem para fazer a sua reserva pelo booking.com

Neste luxuoso hotel você pode desfrutar de um dia relaxante no spa ou dos serviços de whatever/whenever que oferecem tudo o que você pode imaginar.

– Four Seasons

Four Seasons Mexico City. Foto: Booking.com

Clique na imagem para fazer a sua reserva pelo booking.com

O espetacular e elegante hotel contemporâneo oferece o serviço de concierge 24h. Hospedando-se lá você pode desfrutar da academia bem equipada e piscina ao ar livre e, após um dia agitado, quem sabe relaxar na hidromassagem ou sauna.

Já para quem procura um ambiente mais intimista, o Polanco também oferece hotéis boutique, que super indico, como o Hotel Habita e o Dominion Polanco.

Dominion Polanco. Foto: Booking.com

Clique na imagem para fazer a sua reserva pelo booking.com

Habita

Hotel Habita. Foto: Booking.com

Clique na imagem para fazer a sua reserva pelo booking.com

  • Bairro de Condessa

Se seu estilo é mais good vibes, o Condessa é o lugar perfeito. Considerado a área hipster chic da cidade, o bairro é repleto de pubs e marcas locais para se divertir.

Os melhores hotéis da área são:

– Condessa DF

Condessa DF. Foto: Booking.com

Clique na imagem para fazer a sua reserva pelo booking.com

Um luxuoso hotel que dispõe de quartos confortáveis e, em algumas unidades, sala de estar. O Condessa DF tem também um bar na cobertura e uma sala de cinema, para quem curte.

– Laredo 18

Laredo 18. Foto: Booking.com

Clique na imagem para fazer a sua reserva pelo booking.com

Outra ótima opção, neste caso os apartamentos dispõem até de uma cozinha equipada com micro-ondas e um terraço que permite uma vista deslumbrante.

  • Centro Histórico

O nome já diz por si próprio, no centro estão localizados marcos históricos da cidade, como a Catedral Metropolitana, porém se torna afastado dos bares e baladas mais bacanas, que ficam em áreas nobres.

Indico o Hotel Dawntown, localizado na região, para quem tem mais instinto de explorador e quiser conhecer o centro da cidade.

Hotel Downtown. Foto: Booking.com

Clique na imagem para fazer a sua reserva pelo booking.com

O Downtown situa-se num palácio do sec. XVII que foi restaurado e transformado em um dos hotéis design mais elegantes da cidade. As acomodações, tão elegantes quanto a área externa, contam com teto alto e piso frio. O Hotel também tem um bar com terraço de onde você pode ver a cidade.

Outra opção incrível de lugar para se hospedar é o Hotel Marquis Reforma. O Hotel fica localizado na Avenida Paseo de La Reforma, uma das principais e a mais famosa da Cidade do México. No Marquis você dispõe de um ambiente luxuoso e um spa incrível, além de ter suas acomodações confortáveis com vista para o jardim do Castelo Chapultec.

Hotel Marquis Reforma. Foto: Booking.com

Clique na imagem para fazer a sua reserva pelo booking.com

[show_shopthepost_widget id=”3538562″]

Castle of Chapultec. Photo: Google

Top places to go in Mexico City

A handy guide to places to visit in the main Mexican city

There is a lot to do in Mexico City, which makes someone look confused when they are going to set up the itinerary of the trip days, so I leave here what my perfect day would be like, visiting the best places in the city.

•    Shower

It would start very early walking along the Reforma, the long and famous avenue downtown. La can be found in the charming castle of Chapultepec, one of the main tourist sights. The castle is immense, has a beautiful garden and provides a good view of the city.

Castle of Chapultec. Photo: Google

Castle of Chapultec. Photo: Google

Straight ahead you come across the Tamoyos Museum, which has a great coffee shop, and the Museum of Modern Art, which can not be missed. Nearby is also located the Hotel Downtown, quoted on my list of places to stay.

Another morning tour option is the Teotihuacan Temple of the Sun, which is housed in a complex of historic pyramids, one of which is the third largest in the world. The place is usually warmer than the rest of Mexico City so it’s important to always be well prepared.

Pyramid of the Sun in the Teotihuacan complex. Photo: Google

Pyramid of the Sun in the Teotihuacan complex. Photo: Google

•    Evening

The afternoon starts with a good lunch at the Loma Linda restaurant, a large steakhouse opposite the beautiful Soumaya Museum. The place is known for its contemporary architecture.

Soumaya Museum, one of the main architectures of Mexico City. Photo: Google

Soumaya Museum, one of the main architectures of Mexico City. Photo: Google

Jumex Museum of Contemporary Art. Photo: Google

Jumex Museum of Contemporary Art. Photo: Google

And speaking contemporaneously, next to the Soumaya is the Jumex, a museum of contemporary rotating art. The two museums, one next to the other, form one of the most beautiful blocks of Mexico City.

Now, if you are a fan of photography and architecture you can also do a tour of the National Cineteca and Torre Palmas 55. Both places are incredible.

National Cineteca of Mexico. Photo: Google

National Cineteca of Mexico. Photo: Google

Museum of Frida Kahlo. Photo: Google

Museum of Frida Kahlo. Photo: Google

And if what you love is history, besides doing the tours already mentioned, nothing better than a night in the historic center, where you can explore landmarks of the city such as the Frida Kahlo Museum, Zócalo, and the wonderful Opera House.

•    Night

Polanco street at the night. Photo: Google

Polanco street at the night. Photo: Google

The nightlife of the city is really very attractive, there are good ballads and bars for those who do not give up closing the script with a touch, but my night would end more calm, in some rooftop in Polanco or There Rome. Or probably in one of the restaurants already mentioned in the previous post, where I point out the best restaurants, in my opinion, of the city.

Castelo de Chapultec. Foto: Google

Os principais lugares conhecer na Cidade do México

Um guia pratico de lugares para visitar na principal cidade mexicana

Há muito o que se fazer na Cidade do México, o que faz alguém ficar até confuso quando vai montar o roteiro dos dias de viagem, por isso deixo aqui como seria o meu dia perfeito, visitando os melhores lugares da cidade.

  • Manhã

Começaria bem cedo caminhando pela Reforma, a extensa e famosa avenida do centro. La se pode encontrar o charmoso castelo de Chapultec, um dos principais pontos turísticos. O castelo é imenso, tem um lindo jardim e possibilita uma boa vista da cidade.

Castelo de Chapultec. Foto: Google

Castelo de Chapultec. Foto: Google

Logo em frente você se depara com o museu Tamoyos, que tem uma cafeteria ótima, e o Museu de arte moderna, que não se pode deixar passar batido. Ali bem próximo está localizado também o Hotel Downtown, citado na minha lista de lugares para se hospedar.

Uma outra opção de passeio matinal é o Templo do Sol Teotihuacan, que fica num complexo de piramides históricas, sendo uma delas a terceira maior do mundo. O lugar costuma ser mais quente do que o restante da Cidade do México, então é importante estar sempre bem preparado.

Pirâmide do Sol no complexo Teotihuacan. Foto: Google

Pirâmide do Sol no complexo Teotihuacan. Foto: Google

  • Tarde

A tarde começaria com um bom almoço no restaurante Loma Linda, um amplo steakhouse que fica em frente ao deslumbrante Museu Soumaya, o lugar é conhecido por sua arquitetura contemporânea.

Museu Soumaya, uma das principais arquiteturas da Cidade do México. Foto; Google

Museu Soumaya, uma das principais arquiteturas da Cidade do México. Foto; Google

Museu Jumex de Arte Contemporânea. Foto: Google

Museu Jumex de Arte Contemporânea. Foto: Google

E falando em contemporaneidade, ao lado do Soumaya fica o Jumex, um museu de arte contemporânea rotativa. Os dois museus, um a lado do outro, formam um dos quarteirões mais belos de México City.

Agora, se você é fã de fotografia e arquitetura não pode deixar de fazer também um passeio pela Cineteca nacional e pela Torre Palmas 55. Os dois lugares são incríveis.

Cineteca Nacional do México. Foto: Google

Cineteca Nacional do México. Foto: Google

Museu da Frida Kahlo. Foto: Google

Museu da Frida Kahlo. Foto: Google

E se o que te encanta é história, além de fazer os passeios já mencionados, nada melhor do que uma noite no centro histórico, onde você poderá explorar marcos da cidade como o museu da Frida Kahlo, Zócalo e a maravilhosa Casa de Ópera.

  • Noite
Rua de Polanco durante a noite. Foto: Google

Rua de Polanco durante a noite. Foto: Google

A vida noturna da cidade é realmente muito atraente, existem boas baladas e bares para quem não abre mão de fechar o roteiro com uma badalada, mas minha noite terminaria mais calma, em algum rooftop em Polanco ou Lá Roma. Ou, provavelmente, em um dos restaurantes já citados no post anterior, onde indico os melhores restaurantes, ao meu ver, da cidade.

Um oásis no México: Conheça o hotel Encuentro Guadalupe

Já pensou em se hospedar em um hotel de luxo no meio das montanhas do Valle de Guadalupe, no México? Se sim, o Encuentro Guadalupe é o destino certo!

O hotel, que fica na região das vinículas, é o meu lugar favorito quando quero me desconectar de tudo e curtir a natureza. Segundo o próprio hotel, o Encuentro é “um espaço que convida nossos hóspedes a aproveitar as áreas comuns e fazer um ‘reencontro’ consigo mesmo, mantendo contato com a natureza, respeitando os arredores e admirando a maravilhosa paisagem que o Vale Guadalupe nos oferece”.

Encuentro Guadalupe. Fonte: Instagram.

O Encuentro possui 22 lofts projetados para o relaxamento total. Cada quarto possui um terraço próprio, vista para as montanhas, piso de vinho feito com a produção local – o hotel possui sete hectares de vinhedos – e um kiva de argila ao ar livre. Tudo para o hóspede aproveitar a estadia e se conectar com a natureza.

Prezando pela experiência, o Encuentro recebe cada visitante com uma bebida da casa, que desfruta enquanto visita a adega e admira a vista do saguão. Os vinhos degustados pelos hóspedes são produzidos ali mesmo, nas vínicolas de propriedade do hotel. Merlot, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Nebbiolo são alguns dos tipos que integram a adega do hotel.

Sua arquitetura é rústica e utiliza elementos da natureza em sua composição, como objetos decorativos feitos de troncos, lareiras construídas com argila, pedras naturais compondo a decoração dos lofts. Tudo conectado com o visual das montanhas, que pode ser apreciado pelas paredes de vidro que cercam o hotel.

Arquitetura do hotel. Fonte: Booking.

Em relação à gastronomia, o hotel possui o restaurante Origem, que funciona como uma “cozinha aberta”, em que os hóspedes conseguem acompanhar a execução dos pratos, comandados pelo chef Omar Valenzuela. Cada prato é uma combinação de sabores, formas e cores, que explora ingredientes oriundos da região norte da Baja California.

Além disso, o hotel conta com o Raw Oyster Bar, comandado pela chef Melissa Navaro, que tem como carro chefe pratos e drinks feitos com ostras, que encantam pela beleza e sabor.

Um dos pratos servidos pelo Raw Oyster Bar. Fonte: Instagram.

E vocês, já conheciam o Encuentro Guadalupe? Em passagem pelo México, não deixe de visitar o hotel! Reserve sua estadia agora mesmo, clicando aqui! Também veja mais sobre passeios e atividades na região pelo Get Your Guide.

Me conte nos comentários o que achou da dica e se vocês conhecem outros destinos para desconectar e curtir a natureza. E não esqueça de compartilhar o post para concorrer uma viagem para as Maldivas!

Tijuana: Uma Explosão de Sabores

A culinária Tijuanense se destaca por se apresentar com um mix de influências gastronômicas de diferentes regiões do México, que foi o primeiro país ao qual a UNESCO aceitou a gastronomia como patrimônio histórico da humanidade.

A pequena cidade oferece uma gama de opções da mais alta qualidade a qual passou a ter a sua gastronomia denominada como Cozinha Baja Med, devido suas influências e especiarias regionais como o sazón tijuanense e os queijos artesanais, os mariscos do porto de Ensenada e as saborosíssimas azeitonas do Valle Del Guadalupe.

Dentre os meus Chefes favoritos destacam-se: Javier Plascencia (Mission 19), Omar Valenzuela (Encuentro Guadalupe), Drew Deckman (Deckman’s En El Mengor), Diego Hernández Baquedano (Corazón de Tierra), Hugo D’Acosta (Conchas de Piedra), Jair Tellez (Restaurante Laja) e Bendana (Mi Casa Supper Club). 

valle del guadalupe
Valle del Guadalupe

Além da experiência degustativa esses locais ainda contam com uma moderna arquitetura, uma vista de tirar o fôlego e um serviço extraordinário.

E você tem algum restaurante ou lugar favorito em Tijuana? Compartilha com a gente!

E não deixe de compartilhar a postagem para concorrer a uma viagem para as Maldivas!

Melhores meses para conhecer o México

Todo mundo já passou pela duvida de quando ir para algum lugar, para isso não acontecer mais fiz essa lista de melhores meses para visitar o México.

Se pensarmos em estações do ano, sabemos que a cada trimestre o clima muda, mas no México não se sente muito a variação de temperatura durante as estações. Em um ano comum vai-se de 0°C a 22°C, o que acaba alterando um pouco a preferência de pontos turísticos em determinadas épocas do ano e, inevitavelmente, os preços.

Em janeiro temos a predominância de um clima mais frio, por ser um mês de inverno. Nessa época existe até a possibilidade de nevar no País o que é muito esperado pelos turistas que vão ao país em busca de uma experiência gelada e bela.

Fevereiro é o fim da temporada de inverno, ainda que seja bom ir preparado com roupas de frio, é sempre recomendável sair com algo menos quente por baixo das camadas de roupa, pois a temperatura pode subir durante o início da tarde e você sentirá calor.

Falando em começo de ano, janeiro e fevereiro são considerados os meses mais secos, pela falta de chuva e as baixas temperaturas.

Já em março/abril a primavera se inicia e se alonga até o mês de junho, com seu charme e manhãs mais frias com dias mais longos e quentes com pouca chuva. Esses meses são ótimos para quem pretende viajar pagando menos não se deparar com os pontos turísticos lotados.

Em junho/julho o verão se inicia, é um período de férias escolares, isso significa que tudo está mais caro e cheio. É uma época do ano bastante chuvosa, o que melhora muito a qualidade do ar, mesmo assim não são chuvas tão devastadoras que faça você cancelar algum passeio, apenas saia sempre acompanhado de um guarda-chuva.  Esse clima permanece até o mês de setembro.

O Outono vem como a primavera, os meses de setembro a novembro são agradáveis, bem menos chuvosos, e com isso um pouco mais secos que a primavera. Também é considerada uma das melhores épocas para se viajar para o México, principalmente pelo feriado de 02 de novembro, um dos mais importantes no México: O dia dos mortos.

No final de novembro inicia-se novamente a temporada de inverno. Nesse período é costumeiro encontrar pistas de gelo pelas cidades e locais como o Bosque de Chapultepec ficam ainda mais belos. É muito comum também ver árvores de natal e decorações incríveis.

Quando se trata de um lugar tão versátil acredito que vá da preferência da pessoa por férias frias ou quentes, mas ao meu ver os melhores meses para se conhecer a cidade são os meios termos, durante o outono ou a primavera: abril, maio, setembro e outubro. Estes meses te permitem um clima mais agradável e maior possibilidade de visitar os pontos turísticos com calma.