Os 10 lugares mais exóticos que já conheci:

Bom Dia, estou em uma fase super de querer interagir com os meus leitores aqui do blog. Por esse motivo estou escrevendo esse post, o meu leitor e amigo Marcelo Constantino me fez essa pergunta via Instagram e achei muito legal a idéia de além dos stories do meu IG também compartilhar essa lista aqui para os meus seguidores de plantão.

Levei algum tempo pensando de todas as minhas experiências e viagens quais foram os momentos em que a realidade era tão diferente da minha ou de tudo em que eu já tinha visto que de alguma forma fiquei inicialmente chocada até que o meu cérebro pudesse começar a absorver as informações de cada local,cultura e costumes.

Por tanto, dos cem países por onde passei selecionei dez que mais impressionaram.

1 – Addis Abbaba tribe na Ethiopia.

Addis Ababa Tribe na Ethiopia

2 – Hong Kong

Juju Coelho em Hong Kong

3 – Kathmandu no Nepal

Kathmandu no Nepal.

5 – Tehran no Iran

Juju Coelho em Tehran no Iran.

4 – Chiang Mai na Thailândia

Juju Coelho em Chiang Mai na Thailândia.

6 – Singapura

Juju Coelho em Singapura.

7 – Doha no Catar

Juju Coelho na cidade de Doha no Catar.

8 – Jerusalém em Israel

Juju Coelho em Jerusalém em Israel.

9 – Muscat no Oman

Juju Coelho em Muscat no Oman.

10 – RIshikiesh na Índia

Juju Coelho em Rishikiesh na Índia.

O que vocês acharam da minha listinha? conta aqui quais lugares vocês gostariam de ver mais no blog e o que gostariam de saber.

Patagônia Argentina: 7 Dicas para a sua viagem

Juju Coelho fazendo Kayak no glacier Perito Moreno na Patagônia Argentina.


A Patagônia argentina é um dos lugares mais lindos da América do Sul.

Suas montanhas, às vezes congeladas e em outros momentos coloridas, formam paisagens que deixa o mais exigente dos viajantes de queixo caído. 

Lagos, geleiras e até mesmo animais selvagens, ajudam a compor cenários que fazem por merecer um espaço na nossa estante com porta-retratos de viagem.

Presenciar tamanha beleza é uma recompensa que faz jus a distância que temos que percorrer, ao frio que podemos sentir, e claro, ao investimento $$$ necessário. Afinal, a Patagônia não é nem de perto um dos destinos mais baratos para viajar na América Latina.

Mas vale a pena. E como vale.

– já sabia assim que regressei ao Brasil, que muito em breve vou voltar para os destinos do fim do mundo.

Enquanto este dia não chega, faço questão de compartilhar com vocês algumas dicas que considero indispensáveis para organizar uma viagem pela Patagônia argentina.

#Dicas de viagem à Patagônia Argentina

1- O que esperar de uma viagem pela Patagônia Argentina
2- Quando ir
3- Principais cidades na Patagônia Argentina
4- Roteiro clássico pela Patagônia Argentina
5- Como se locomover
6- Câmbio
7- Principais gastos

1- O que esperar de uma viagem pela Patagônia Argentina

A Patagônia, tanto a argentina quanto a chilena, é uma região para quem curte estar diante de paisagens naturais de tirar o fôlego. Ou seja, as atividades e passeios serão em sua maioria ao ar livre. Aliás, os apaixonados por trilha dificilmente se decepcionam com uma viagem nessa região.

Porém, como tudo tem um preço, é importante lembra-lo de que este é um dos destinos mais caros da América do Sul. No entanto, a média de preços de hospedagem e alimentação pode assustar os viajantes mais econômicos.

Além disso, outro item que pesa no orçamento são os passeios. Porém, não tem como ir pra Patagônia argentina e deixar de conhecer alguns dos lugares mais lindos do nosso continente e de forma alguma eu recomendo que alguém explore os hikes e as geleiras sozinho.

Portanto, o melhor a fazer é se planejar muito bem antes da viagem e reservar todos os seus passeios com antecedência, principalmente os mais concorridos como o hike no gelo, o tour gastronômico nas geleiras e o lindo passeio de kayak. Obviamente você não precisa fazer todos os tours e visitar todos os lugares de cada cidade. Contudo, ainda assim, é muito importante que você esteja organizado antes de ir.

Também espere gastar longas horas na estrada. Principalmente se sua ideia é viajar apenas por terra. Dependendo do seu roteiro, alguns deslocamentos podem levar mais de dez horas dirigindo sozinho. Se quiser economizar tempo e apreciar a paisagem de cima recomendo helicóptero ou avião.

Juju Coelho na Patagônia Argentina. Parque Nacional Los Glaciers em El Chatén.

2- Quando ir

alta temporada na Patagônia vai de novembro até a primeira quinzena de março, sendo janeiro e fevereiro os meses mais concorridos. Neste período o número de turistas aumenta, os preços sobem, os dias ficam mais longos e a temperatura menos congelante – ideais para as atividades ao ar livre, que é a grande atração da Patagônia.

Já durante o inverno o cenário se inverte, inclusive, as paisagens mudam de roupa. A neve começa a encobrir as montanhas, o que as deixa ainda mais deslumbrantes e geladas. 

No final de abril, maio, junho e julho parte dos passeios podem ser comprometidos pelo mal tempo. Para quem faz questão de percorrer as famosas trilhas de El Chaltén, recomendo que vá durante o verão.

O tempo frio continua em agosto e imprevistos podem acontecer, mas a viagem já começa a ser mais viável. O vento durante os passeios também pode ser um problema, por isso agente-se ao período quando organizar a sua viagem.

Com a chegada da primavera, em setembro e outubro as nevascas começam a dar uma trégua e aos poucos a temperatura volta a ficar mais agradável. A segunda quinzena de outubro pode ser uma época atraente para quem quer fugir das multidões, dos preços altos, e, ainda assim, correr menos risco com o tempo ruim.

Por fim, vale lembrar de que o clima na Patagônia pode surpreender a qualquer momento. Embora as previsões e o histórico dos anos anteriores sirvam para nos nortear, não é garantia de que as mesmas condições climáticas se repetirão.

Patagônia chilena
Perito Moreno - Patagônia Argentina
Patagônia Argentina - Parque Tierra del Fuego

3- Principais cidades na Patagônia Argentina

Embora não estejam localizados no extremo sul, Puerto Madryn, Península Valdés e Trelew são considerados destinos que fazem parte da Patagônia Atlântica – uma região bastante diferente das cidades que estão mais ao sul. Essa é uma zona muito interessante para quem gosta de observar animais marinhos no seu habitat natural.

No entanto, para incluir estes lugares da Patagônia argentina em um mesmo roteiro com destinos mais procurados – como Ushuaia, El Calafate e El Chaltén – é necessário pensar com bastante atenção na logística, além de ter mais tempo livre. 

Aliás, na minha opinião, é mais prático combinar as cidades da Patagônia Atlântica em uma viagem pela região dos lagos (Bariloche, San Martín de los Andes e Villa la Angostura), do que com os outros.

Rumo à região mais austral do nosso continente, você encontrará alguns dos destinos clássicos da Patagônia argentina: Ushuaia, El Calafate e El Chaltén.

A primeira é conhecida por muitos como a “La Ciudad del fin del Mundo”, a segunda é a porta de entrada para conhecer o Glaciar Perito Moreno, e a última é a queridinha dos trilheiros de plantão.

Lembrando ainda que não muito longe de El Calafate está o Parque Nacional Torres del Paine, uma das maravilhas do território chileno.Parque Nacional Torres del Paine

4- Roteiro clássico pela Patagônia argentina + Torres del Paine (Chile)

Dezesseis dias. Este é o tempo mínimo que eu recomendo para fazer uma viagem pela Patagônia argentina, e ainda conhecer um dos parques nacionais mais belos do Chile. 

Isso porque, nesse período é possível visitar Ushuaia, Torres del Paine, El Calafate e El Chaltén, sem muita afobação. Com catorze dias ainda é possível visitar todos esses lugares, mas sua trip pode ser bastante cansativa. Menos que isso eu optaria em deixar alguma cidade de fora do roteiro.

Se acaso você quiser conhecer o parque chileno por trilha, deverá acrescentar alguns dias na viagem, que pode variar dependendo de qual circuito você escolher.

O primeiro dia será todo dedicado para chegar até Ushuaia. Depois dessa longa jornada os três dias seguintes serão para explorar suas principais atrações turísticas e passeios. 

O próximo destino será Puerto Natales, no Chile – a cidade base para visitar Torres del Paine. Este deslocamento deve custar um dia inteiro das suas férias. O dia seguinte será para descansar ou se já estiver organizado fazer o seu passeio até o parque, que levará mais um dia completo da sua trip.

O próximo trecho a percorrer é até El Calafate, onde você estará de volta à Patagônia argentina. Saindo cedo de Puerto Natales você deve chegar a Calafate depois do almoço. Aproveite o fim do dia para caminhar pela agradável Avenida San Martín, ou fazer o seu passeio ao Parque Nacional los Glaciares, onde encontrará o grandioso Glaciar Perito Moreno.

Por fim, finalize seu roteiro em El Chaltén, que está a aproximadamente quatro horas de El Calafate. Além do dia de chegada e partida, reserve mais dois dias inteiros para se encantar com algumas das paisagens mais lindas da Patagônia argentina.Glaciar Perito Moreno

5- Como se locomover

Há várias maneiras de se locomover mas eu recomendo que aluguem um carro as estradas são boas e super seguras. Se estiver com pouco tempo ou se locomovam de helicóptero ou avião.

Leia também: Roteiro de carro pela Patagônia argentina e chilena (no blog Apure Guria)

6- Câmbio

Antes de chegar a Patagônia argentina você certamente fará uma conexão em Buenos Aires. Aproveite esse tempo para trocar seu dinheiro (dólares ou reais) para pesos argentinos, mesmo que seja no Banco de la Nación dos aeroportos. Aliás, atualmente a cotação deste banco é uma das melhores que você encontrará na Argentina.

Não leve reais para a Patagônia, a cotação é péssima. Caso sua conexão seja curta e você não tenha tempo de trocar dinheiro, leve dólares para a Patagônia.

Depender 100% de um cartão de crédito é algo que eu não recomendo durante uma viagem pela Argentina. Esta forma de pagamento não é tão comum quanto no Brasil. Leve como garantia, mas antes de consumir algo procure saber se o estabelecimento realmente aceita.

» Passeios

Há uma infinidade de passeios para fazer na Patagônia argentina. E, para você ter uma ideia dos valores, recomendo que você consulte o site da Get Your Guide.

A boa notícia é que Em El Chaltén você não precisa gastar para fazer as trilhas do pequeno vilarejo. Você pode ir por conta própria, sem a necessidade de guias ou agências. Certifique-se apenas de levar um mapa da região e fique atento a sinalização das trilhas. E claro, água, protetor solar e lanchinhos não fazem mal a ninguém.

Não contratar um bom seguro para sua viagem à Patagônia é um erro do qual você não gostará de se arrepender. Então antes de ir certifique-se de estar segurado e as suas coberturas.

Clique aqui e faça uma cotação online que compara os planos com melhor custo-benefício do mercado.

Não se esqueça que aqui no Jujucoelho.com também organizamos a sua viagem e cuidamos de todas as suas reservas e ainda te enviamos um guia personalizado. Então não deixe de nos contatar para receber as melhores indicações de hotéis, restaurantes, passeios e serviços de luxo.

Os Melhores restaurantes da Cidade de São Paulo

Dedicado aos meus amigos e seguidores que sempre estão pedindo dicas sobre a sobre a cidade de São Paulo decidi criar essa lista com alguns dos meus restaurantes favoritos.

Os Melhores Restaurantes de São Paulo
por Juju Coelho

CONFORT FOOD:

Kidoairaku

China lake

Pizza Palacio Tangara

Pizza Famiglia Lucco

ZDELLI CENTRO

*FOUR SEASONS*

*WTMORUMBI*

Japones

***IZAKAI KURODA***

***IMAKAY***

***RYU***

***MINATO IZAKAYA NOVO*** LORENA

***UMMI*** BANDEIRA PAULISTA

***HUTO NOVO***

Nobu

Mago

Kinoshita

Kosho

Japa Emporio Sta Maria

Aya

Jun Sakamoto

Nakka

Naga

Kitchin

Huto NOVO ITAIM

By Koji

Shin Zushi

********Kan Suke

Ryo

Aizome

Kosushi

Geikko San

Pub Kei

Do Culinaria Japonesa

Hamatyo

Niaya

Sushi Lika

*******Makoto San

Izakaya & Ramen:

*UMMI*

*TOKYO 011 – 8 andar rua major sertorio 110*

Kidoairaku

Izakaya Matsu

Tan Tan Noodle Bar

Jo Jo

Bueno

Minato

***Yorimichi***

Yakitori

Hira

Kintaro

Taka Daru

Huto Izakaya

Benihana

Quito Quito

Donchan

Izakaya Issa

Kabura

Izakaya Toki

Omoide Sakaba

Mica

Chines:

Ton Hoi

Rong He

Chi Fu

Hou

Chi

Hi Pin Shan

China Lake

*China Garden*

Italiano:

******farfalla*******

****aguzzo****

Casimiro

Nino

Pomodori

Il Capitale

Evvai

Ristorantino

Botega Bernacca

***Tatini***

Vecchio Torino

*****Picchi*****

Fasano

Gero

Tappo

Braz Trattoria

Casa Europa

Emiliano

Tre Bicchieri

Piu

Picollo

Due Cuochi

Osteria del Petirosso

Supra

Piselli

Forquilha

Eataly

Trattoria

Etto

La Macca

Moma

Espanhol:

*NIT bar de tapas Oscar Freire*

* PIPO MIS*

Tanit

Adega Santiago

Maripili

Teus

Aragon

Aranda

Portugues:

Taberna 747

Taberna

Tasca da Esquina

Taberna da Esquina

Tasca do Ze e da Maria

Bela Sintra

Rancho Portugues

Brasileiro:

Jiquitaia

Tordesilhas

Esquina Mocoto

Mocoto

Dalva e Dito

Consulado Mineiro

Bossa

Micaela

Carnes:

ORFEU CENTRO***

Barbacoa

Cor

Varanda

Fogo de Chao

Rubaiyat

Dinho’s

Bassi

NB Steak

Vento Haragano

Rodeio

Esplanada Grill

Figueira

Boi na Brasa

Laco de Ouro

Fleming’s

Brace Bar & Griglia

Argentino/Uruguaio:

348

Pobre Juan

Under Dog

Martin Fierro

Barbaro

El Tranvia

Peixes e frutos do Mar:

Amadeus

Rufino’s

Dalmo

Capivara

Contemporaneo:

***PRIMEIRO ANDAR***

***CORRUTELA*** reciclado

***CHARCO***

Mani

**Mimo**

Tanit

Tete a Tete

DOM

Arturito

Seen

Tuju

**Peti** JANTAR

Chou

Ema

Tangara

**Loup** JANTAR

Skye

**Lilu**

Frances:

MARCEL

FREDDY

Parigi

Bistro Parigi

Ici Bistro

Ici Brasserie

Le Jazz

Sympa

Chef Rouge

Freddy (steak Diana)

La Casserole

Peruano:

La Mar

La Central

Lima Restobar

Osaka

Suri

La Peruana

Rinconcito Peruano

Comedoria Gonzales

Grego:

Myk

Kouzina

Acrópoles

Pizzaria:

***Estupenda***

Família Lucco (Alice)

Itzza

Camelo

Carlos

Rossopomodoro

Napoli Centrale

Braz

Braz Eletrica

Quintal do Braz

Jardim de Napoli

Fior di Grano

Guarita

Leggera

Margherita

Cristal

A Tal da Pizza

Arabes & Midle Eastern

*TANDOOR* INDIANO PARAISO

Arabia

Carlinhos

Effendi

Casa Garabed

Brasserie Victoria

Firin Salonu

Almanara

**Sainte Marie**

Tenda do Nilo

Pinati

Coreano:

KOREA TOWN

*SUMAH*

Komah

Bicol

Reunde(avenida aclimação) – Pedir: samkiop-sal

LUA PALACE

Variados:

***Fôrno***

**DUI**

**TUI**

*FERRA* jockey

IULIA jockey

*Musa*

A Casa do Porco

Bar da Dona Onca

La Tambouille

Skye

KAA

Ton Ton

Carlota

Spot

Ritz

Forneria

Bar do Alemao

Marakuthai

La Frontera

Iulia

Chef Vivi

Santo Colomba

Le Manjue

Conceicao Discos

Factorio

Santo Grao

Emporio Frutaria

Cor

Beth

Burgers & Sanduiches:

**patties**

***FATCOW***

De Betti

Z Deli CENTRO*****

12 Bistro

Bullger

***Cabana***

Vinil

Na Garagem

Burger Joint

Buzina

Underdog

Sandoui

Town

Yellow

Frevo

Imbiss

Burger Haus

Dog Haus

Falafel Haus

PJ Clarkes

Pao com Carne

Sandoui

Kebab Salonu

Pita Kebab

Cocktail:

**SERTÔ

*JAZZ NOS FUNDOS

**BAR DO COFRE

*BAR DOS ARCOS

*BLUE NOTE

*911 RESTAURANTE

*FEL

*GRILO PARLANTE

*TOKYO KARAOKÊ

*VISTA

Frank

Guarita

Boca de Ouro

Gulhotina

Riviera

Tuju

G&T Gin Bar

Negroni

Apothek

Peppino

High Line

Jiquitaia

Numero

Le Jazz Petit

Noh

Brasserie des Arts

Bar.

So Shots

Sub Astor

Baretto

Cafe Society

Numero

DOT

Olivio

Spritzv

Espero que tenham gostado e comentem aqui se acham que em alguma especialidade tem algum lugar faltando.

S.O.M State of Mind: A forma correta de comemorar o carnaval no Brasil em 2022.

hoje eu queria compartilhar e apresentar para vocês o projeto S.O.M “State of Mind”que acontece durante o carnaval do dia 25 de fevereiro a primeiro de março em Trancoso na Bahia.

O evento conta com experiência gastronômica e cultural que valoriza a nossa culinária local e costumes enraizados no legado baiano. Além é claro de contar um um line- up de música eletrônica digno de se tirar o chapéu.

Dentre as atrações: Bedouin – Damian Lazarus – D-NOX – Melanie Ribbe – Patrice Baumel – Saint Vie Seth Troxler – AB&Hamy – Ale Arcangeli – Badaró – Claudinha – Cris Proença – Danilo Stellet – Du Serena – Edu Poppo – Fernando Figueiredo – Gustavo Gaia – Junior e Persio – Rapha Fernandes – Raul Boesel – Ty Watson.

S.O.M State of Mind: The right way to celebrate the Carnaval in Brasil in 2022.

Today I wanted to share and present to you the S.O.M project “State of Mind” that takes place during the carnival from February 25th to March 1st in Trancoso, Bahia.

The event has a gastronomic and cultural experience that values our local cuisine and customs rooted in the Bahian legacy. Besides, of course, there is a line-up of electronic music worthy of taking your hat off.

Among the attractions: Bedouin – Damian Lazarus – D-NOX – Melanie Ribbe – Patrice Baumel – Saint Vie Seth Troxler – AB&Hamy – Ale Arcangeli – Badaró – Claudinha – Cris Proença – Danilo Stellet – Du Serena – Edu Poppo – Fernando Figueiredo – Gustavo Gaia – Junior e Persio – Rapha Fernandes – Raul Boesel – Ty Watson.

Como curar a ressaca: 7 dicas infaliveis para curar a ressaca pós ano novo.

Primeiramente, feliz ano novo para todos!
Pensando no meu querido público de leitores, elaborei essa diquinha simples pra começar o primeiro dia do ano com o pé direito e muita força na peruca.

Para curar a ressaca é importante ter uma alimentação leve durante o dia, aumentar a ingestão de líquidos e fazer uso de um remédio para ressaca, como o Engov, ou para dor de cabeça, como a Dipirona, por exemplo. Assim, é possível evitar que os sintomas de ressaca interfiram na rotina do dia.

Apesar de haver dicas para curar a ressaca, é sempre preferível evitar que a ressaca aconteça, sendo recomendado fazer uso moderado da bebida e intercalar a bebida alcoólica com um copo de água e fazer ingestão de alimentos.

Juju Coelho veste Colcci

Algumas dicas que ajudam a alivia os sintomas de ressaca mais rápido incluem:

  1. Tomar 2 xícaras de café preto sem açúcar, porque o café reduz o inchaço dos vasos sanguíneos que causam a dor de cabeça e ajuda o fígado a metabolizar suas toxinas;
  2. Tomar 1 remédio para ressaca como o Engov, por exemplo, que ajuda a diminuir os sintomas da ressaca como dor de cabeça e enjoos. Saiba quais os melhores remédios de farmácia para curar os sintomas da ressaca.
  3. Beber bastante água, porque o álcool causa desidratação, por isso deve-se beber vários copos de água ao longo do dia;
  4. Beber um suco de frutas natural, porque estes sucos possuem um tipo de açúcar chamado frutose que ajuda o corpo a queimar o álcool mais depressa. Um copo grande de suco de laranja ou tomate ajuda também a acelerar a remoção de álcool do organismo;
  5. Comer biscoitos de mel, porque o mel também possui uma forma concentrada de frutose, que ajuda a eliminar o álcool do organismo;
  6. Tomar uma sopa de legumes, que ajuda a repor o sal e o potássio que o corpo perdeu durante o consumo de álcool, combatendo a ressaca;
  7. Intercalar um copo de água entre cada bebida alcoólica e beber água antes de ir dormir, e ao acordar tomar uma xícara de café bem forte, sem açúcar.

Os alimentos que podem melhorar o mal-estar são a maçã, melão, pêssego, uva, tangerina, limão, pepino, tomate, alho, cebola e gengibre.

Outra dica importante é descansar sempre que possível adotando uma alimentação leve, pois assim o corpo consegue se recuperar mais rapidamente eliminando as toxinas produzidas no fígado devido ao consumo exagerado de bebidas alcoólicas. Saiba o que mais pode fazer nesse vídeo:https://www.youtube.com/embed/lNmARtvXlP8?rel=0&autoplay=0&start=0

Por que acontece a ressaca

A ressaca é causada pelo consumo de bebidas alcoólicas em exagero. O álcool para ser eliminado pelo organismo, tem que ser transformado, no fígado, em ácido acético, e para isso tem que ser transformado primeiro em acetaldeído que é ainda mais tóxico que o álcool. Como o fígado demora muito tempo a fazer esta transformação, o álcool e o acetaldeído continuam a circular no organismo até serem transformados em ácido acético.

O acetaldeído é uma substância tóxica que se deposita em vários órgãos do corpo, exercendo toxicidade e provocando assim os sintomas da ressaca. Além disso, durante o metabolismo de um excesso de álcool, o corpo não libera açúcar no sangue em situações de jejum com tanta eficiência, podendo por isso causar hipoglicemia. O álcool também faz com que seja eliminada mais água, podendo causar também desidratação.

Como beber sem ficar de ressaca

Para prevenir a ressaca o mais recomendado é não beber exageradamente, mas também se pode tomar 1 colher de azeite de oliva extra virgem algumas horas antes do consumo das bebidas e sempre intercalar 1 copo de bebida alcoólica com 1 copo de água. Outras dicas são: 

  1. Nunca beber de estômago vazio e sempre beber 1 copo de água ou de suco de fruta natural entre cada dose de bebida alcoólica;
  2. Tomar 1 g de carvão vegetal ativado antes de consumir as bebidas alcoólicas;
  3. Comer algo com gordura, como um pedaço de queijo amarelo, por exemplo, entre cada copo de bebida.

Gostaram? Aproveitem o ano novo e curtam bem o primeiro dia do ano sem ressaca!

How to cure a hangover: 7 foolproof tips to cure a post new year hangover.

First, happy new year everyone!
Thinking of my dear readership, I made this simple tip to start the first day of the year on the right foot.

To cure a hangover, it is important to eat lightly during the day, increase fluid intake and use a hangover remedy, such as Engov, or a headache remedy, such as Dipyrone, for example. Thus, it is possible to prevent hangover symptoms from interfering with the daily routine.

Although there are tips to cure a hangover, it is always preferable to prevent a hangover from happening, it is recommended to use the drink moderately and mix the alcoholic drink with a glass of water and take food.

Juju Coelho veste Colcci

Some tips that help relieve hangover symptoms faster include:

  1. Drink 2 cups of sugar-free black coffee, because coffee reduces the swelling of blood vessels that cause headaches and helps the liver to metabolize its toxins;
  2. Drink plenty of water, because alcohol causes dehydration, so drink several glasses of water throughout the day;
  3. Drink natural fruit juice, because these juices contain a type of sugar called fructose that helps the body burn alcohol faster. A large glass of orange or tomato juice will also help speed up the removal of alcohol from the body;
  4. Eat honey crackers, because honey also has a concentrated form of fructose, which helps eliminate alcohol from the body;
  5. Drinking vegetable soup, which helps to replenish the salt and potassium that the body lost during alcohol consumption, fighting a hangover;
  6. Intersperse a glass of water between each alcoholic beverage and drink water before going to sleep, and when you wake up have a cup of strong coffee, without sugar.

Foods that can improve malaise are apples, melons, peaches, grapes, tangerines, lemons, cucumbers, tomatoes, garlic, onions and ginger.

Why does the hangover happen?

A hangover is caused by drinking too much alcohol. To be eliminated by the body, alcohol has to be transformed in the liver into acetic acid, and for that it has to be transformed first into acetaldehyde, which is even more toxic than alcohol. As the liver takes a long time to make this transformation, alcohol and acetaldehyde continue to circulate in the body until they are transformed into acetic acid.

Acetaldehyde is a toxic substance that is deposited in various organs of the body, exerting toxicity and thus causing hangover symptoms. In addition, during the metabolism of an excess of alcohol, the body does not release blood sugar in fasting situations as efficiently as possible, which can cause hypoglycemia. Alcohol also causes more water to be eliminated, which can also cause dehydration.

How to drink without getting a hangover?

To prevent a hangover, it is recommended not to drink too much, but you can also drink 1 tablespoon of extra virgin olive oil a few hours before drinking and always mix 1 glass of alcoholic beverage with 1 glass of water. Other tips are:

  1. Never drink on an empty stomach and always drink 1 glass of water or natural fruit juice between each serving of alcoholic beverage;
  2. Take 1 g of activated charcoal before consuming alcoholic beverages;
  3. Eat something with fat, like a piece of yellow cheese, for example, between each glass of drink.

71 / 5.000

Resultados de tradução

Enjoy the new year and enjoy the first day of the year without a hangover!

Festival Day Zero : Tulum 2022

Hoje queria falar de um festival que venho frequentando a anos e recomendo muito aos amantes de música eletrônica. O Day Zero Tulum acontece agora no dia 10 de Janeiro de 2021 e conta com Line Up pra lá de especial que inclui Damian Lazarus, Dj tennis, Bedouin e muitos mais.

Você pode comprar o seu ticket através deste link:
https://dayzerofestival.com/tickets/

A experiência do Dia Zero se apóia nos pilares da imersão e conectividade cultural, compartilhando espaço entre o mundo antigo e a humanidade moderna. Do pôr do sol ao nascer do sol, cada momento é tecido dentro da estrutura da energia do local. Essa conexão com o ambiente e com o eu é o que ajudou a criar o ambiente ideal para experimentar a melhor música eletrônica do mundo.

A ligação essencial com o mundo natural e a comunidade local guiou o compromisso do Day Zero em promover um programa de sustentabilidade ambiental que garantirá o retorno contínuo do evento à terra antiga. A equipe do Day Zero se dedica a esse processo e recruta profissionais da indústria cujo único objetivo é deixar o local mais limpo do que o encontraram e livre de poluentes perigosos.

A evolução contínua da história do evento é o motivo pelo qual o Day Zero é reverenciado como a epítome da rave moderna, oferecendo à sua comunidade global um caminho para o despertar transcendental – onde quer que ele chegue.

Gostaram? Iriam ou já foram no evento?

Day Zero Festival: Tulum 2022

Today I wanted to talk about a festival I’ve been attending for years and I highly recommend it to electronic music lovers. The Day Zero Tulum takes place now on January 10, 2021 and has a special Line Up that includes Damian Lazarus, DJ tennis, Bedouin and many more.

You can buy your ticket through this link:
https://dayzerofestival.com/tickets/

The Day Zero experience is based on the pillars of immersion and cultural connectivity, sharing space between the ancient world and modern humanity. From sunset to sunrise, every moment is woven into the energy structure of the place. This connection with the environment and the self is what helped create the ideal environment to experience the best electronic music in the world.

The essential connection to the natural world and the local community guided Day Zero’s commitment to promoting an environmental sustainability program that will ensure the event’s continued return to the old land. The Day Zero team is dedicated to this process and recruits industry professionals whose sole objective is to leave the site cleaner than they found it and free of dangerous pollutants.

The continuing evolution of the event’s history is why Day Zero is revered as the epitome of modern rave, offering its global community a path to transcendental awakening – wherever it goes.

Did you like it? Would they go or have they already been to the event?

A cidade de Hamburgo, por pessoas locais. Conheça os melhores hotéis, restaurantes, bares e vida noturna da cidade de Hamburgo por uma pessoa local.

A cidade de Hamburgo, por pessoas locais

Viajar é bom, mas viajar com dicas de pessoas locais é muito melhor. Veja a seguir as dicas do meu amigo Jurgen Vieth, sobre a cidade de Hamburgo na Alemanha.

Jurgen Vieth 
@Jurgenhamburg

Jurgen mora entre Hamburgo e Ibiza e sempre que pode está sempre viajando e seguindo festivais de música eletrônica. Assim como a maioria dos meus leitores aqui,ele também é um foodie e está sempre buscando ao redor do mundo o melhor que cada local pode oferecer.

Jurgen Vieth
@Jurgenhamburg

Melhores Hotéis de Hamburgo:

1 – FONTENAY HAMBURGO

O The Fontenay foi eleito em 2021 o hotel mais luxuoso de Hamburgo e famoso por ter entre os seus hóspedes figuras públicas, políticos e celebridades. A propriedade se encontra localizada na margem do Lago Alster, em Hamburgo, a uma curta caminhada da famosa área comercial de Jungfernstieg. O resort dispõe de uma arquitetura única e sem dúvida é uma ótima opção para os que pretendem visitar a cidade.

Hotel Fontenay in Hamburg. Foto: Booking.com
Hotel The Fontenay in Hamburg. Foto: Booking.com

2- THE GEORGE

O bairro de St. Georg, que se tornou uma cidade nova e descolada, é o bairro de St. Georg que deu origem ao nome do hotel de George – e você pode apostar que há uma razão sensata pela qual o anglicizaram. O relacionamento de Hamburgo com a Inglaterra vem de longa data – não é por acaso que os Beatles fizeram seu aprendizado aqui – e é esse relacionamento em particular que o proprietário e designer do George procurou sublinhar.

Isso explica muito por que o comum do hotel se parece mais com um clube de cavalheiros centenário de Londres do que com um hotel de design Continental moderno. Está tudo aqui – papéis de parede estampados, poltronas de couro, chá da tarde e uísque do bar. Os quartos são um pouco mais contemporâneos, misturando alguns ícones clássicos ingleses com acessórios modernos e nítidos e cores masculinas suaves. É assim que você atinge a unidade de estilo sem passar para o pastiche.

Como em qualquer restaurante britânico decente, a cozinha serve pratos mediterrâneos sofisticados (é claro que estamos brincando). Há uma biblioteca que tem uma semelhança mais do que passageira com o Drones Club, e na cobertura há um spa que tem um estilo estranhamente charmoso e marroquino, rodeado por um terraço com vista para a cidade. Francamente, é um pouco chocante olhar para o horizonte e ver não Londres, mas Hamburgo, o Elba e não o Tâmisa – é um lado da Alemanha que você não vê com frequência, e o George é a vantagem ideal para se ver isto.

Hotel: The George. Foto: Booking.com

3 – EAST HOTEL & RESTAURANT

Tentaremos resistir a vinculá-lo a alguma generalização abrangente sobre a natureza prática e sensata de algum personagem nacional alemão imaginado, e simplesmente dizer: endossamos de todo o coração a tendência de listar descrições de quartos como tamanhos de camisetas, em um espectro de Pequeno a X-Large e além, eliminando o tipo de creep de categoria que resulta em um hotel inteiro cheio de quartos Deluxe ou Superior, sem nenhum Standard ou Inferior a ser encontrado. O East Hotel & Restaurant, em Hamburgo, carrega uma veia profunda exatamente desse tipo de praticidade.

Lá vamos nós de novo. Para ser justo, a primeira coisa que se nota não é a organização sensata do lugar, mas o quão estiloso ele é. O arquiteto de Chicago Jordan Mozer parece ter levado o nome do hotel a sério de uma maneira um tanto literal, tecendo toques asiáticos como cortinas de seda e formas orgânicas de bordas suaves em todos os interiores. As acomodações variam de pequenos quartos bastante confortáveis ​​às suítes XX-Large de dois quartos, todas com um estilo moderno mas nunca frio, talvez mais boudoir de Bangkok do que o museu Malmö.

Todas essas imagens do Extremo Oriente são mais do que acaso, é claro. East é altamente considerado por seu restaurante pan-asiático, assim como por seus quartos de hotel, e a cena que gira em torno do bar de coquetéis de Yakshi é tão animada quanto qualquer outra na cidade. A localização do hotel oferece acesso tanto à Reeperbahn (ainda tão vil ou maravilhosa como sempre, dependendo de seus gostos) e ao recentemente decadente, mas rapidamente enobrecido bairro de St. Pauli, com toda a vida noturna e possibilidades de compras que isso acarreta. De manhã, quando tudo acabar, reúna suas forças para uma viagem escada acima até o spa e sauna da cobertura e prepare-se para fazer tudo de novo.

Hotel e Restaurante EAST em Hamburgo. Foto: Booking.com

4- LE MERIDIEN HAMBURGO

Este hotel moderno tem um estilo atraente e claro que se estende desde os quartos elegantemente mobilados (com camas terapêuticas especialmente concebidas) para a área de bem-estar. O restaurante no nono andar oferece uma vista fantástica do lago Außenalster.

Hotel Le Meridien Hamburgo. Foto: Booking.com

5 – WESTIN HAMBURGO

O mais recente marco arquitetônico de Hamburgo, o Elbphilharmonie, é um local verdadeiramente espetacular: sua superestrutura futurista instalada em um antigo armazém e conectado pela Plaza. O Westin oferece uma vista magnífica do porto e de HafenCity, quartos claros e modernos em estilo minimalista e um spa chique. Cozinha do norte da Alemanha no restaurante Fang & Feld.

Hotel The Westin Hamburgo. Foto: Booking.com

Melhores Restaurantes de Hamburgo:

1 – THE TABLE KEVIN FEHLING ( 3 MICHELIN STARS)

Este restaurante descontraído é realmente único! Os comensais se sentam em uma mesa longa e curva enquanto os chefs – um estudo de concentração – combinam ingredientes internacionais finos com perfeição diante de seus olhos com a precisão, sutileza e apresentação deslumbrante pelas quais Kevin Fehling é famoso. Excelentes recomendações de vinhos.

Restaurante The Table Kevin Fehling. Foto: Google

2 – HAERLIN

A comida em Haerlin é poderosa e intensamente saborosa. Os pratos trazidos para a sua mesa são criativos e tecnicamente perfeitos, e utilizam apenas os melhores ingredientes. A qualidade culinária é acompanhada por um interior requintado, onde tudo é da melhor qualidade. A vista sobre o Lago Alster Interior adiciona o toque final.

3 – SEEHAUS

Seehaus oferece uma ótima experiência culinária a poucos passos das margens do lago. A cozinha moderna e internacional traz pratos como salmão frito com rabanete e rolinho de arroz de ruibarbo, sem falar na deliciosa seleção de bolos à tarde. O bonito terraço é particularmente atraente no verão.

4- NOMAD

O NOMAD, fundado em 2021, é dedicado a quem gosta de ir longe e vagar por todo o lado. Apaixonado por lugares distantes e desconhecidos, nós o convidamos a uma viagem culinária, onde você descobrirá horizontes inexplorados. Não se trata de chegar a lugar nenhum, nem se trata de metas fixas. A jornada em si é o objetivo, e ser feliz durante a viagem é o caminho. Obrigado por criar memórias conosco que durarão para sempre.

5 – II CANTUCCIO

Um restaurante romântico e elegantemente rústico no coração da verde Brianza. Desfrute da cozinha opulenta e generosa criada por um chef que alterna facilmente entre os favoritos clássicos italianos, ocasionalmente adicionando seu próprio toque individual aos pratos.

Restaurante II Cantuccio na Cidade de Hamburgo. Foto: Google

Melhor vida noturna de Hamburgo:

1 – NOHO

O NOHO está localizado entre Reeperbahn e Große Freiheit. Onde prazer e prazer andam de mãos dadas, o NOHO também forma uma simbiose de tradição e vida noturna, luz vermelha e lanterna, carro em vez de desejo.

2 – GOLDEN CUT

A poucos passos do Alster, os entusiastas da dança encontram-se no Holzdamm 61 para vivenciar a melhor noite de suas vidas aqui. Excelente design de som e luz e uma seleção cuidadosamente selecionada de convidados garantem a cultura de festa esteticamente excessiva pela qual o clube é famoso.

3 – NIKKI TIGER

Estilosa, diferente, descolada: em maio de 2018, a Nikki Tiger de inspiração japonesa estreou no antigo endereço dos populares clubes eletrônicos Ego e Villa Nova.
Mais mudou aqui do que apenas o nome. Entre pop art, pelúcia e telões, o público saboreia bons drinks, dança house e hip-hop ou usa a esplanada com suas lanternas vermelhas e brancas como pano de fundo para a documentação da festa.

Influências de Tóquio

Inspirado no passado e no presente de Tóquio, a sala inferior é iluminada por uma grande instalação de luz com o nome do clube e algumas obras de arte leves. Aqui, os hóspedes estão definitivamente na Tóquio moderna do futuro. Um andar acima você vai para o passado e para um ambiente mais aconchegante, decorado com fotos de uma gueixa, áreas de estar aveludadas e cantos escuros escondidos. Por uma entrada de cerca de dez euros, existe um ambiente de festa exclusivo.

Nikki Tiger Danceteria em Hamburgo. Foto: Google

4 – LE LION

Há uma boa razão para o Le Lion estar classificado entre os 20 melhores bares do mundo. Apesar do nome bem francês, você não precisa ir a Paris para descobrir o porquê. Em vez disso, vá para a segunda maior cidade da Alemanha, Hamburgo. Atrás de uma entrada tão anônima que conheci pessoas que pensam que não têm negócios, você encontrará um lugar pequeno e intimista que é uma verdadeira joia.

Bar Le Lio em Hamburgo. Foto: Google

5 – ALBERS BAR

O local possui Cerveja artesanal e coquetéis elaborados são o que tornam o local especial, incluindo a decoração inspirada em uma farmácia antiga.

Pontos Turísticos de Hamburgo:

1 – ELBPHILARMONIE

Elbphilharmonie é uma sala de concertos localizada no distrito de HafenCity, em Hamburgo, na Alemanha, na península de Grasbrook, no rio Elba. É uma das maiores e mais acusticamente avançadas salas de concerto do mundo. É popularmente apelidado de Elphi.

Elbphilarmonie em Hamburgo. Foto: Google.

2 – PLANETARIUM E STADTPARK

O Planetário de Hamburgo é um dos mais antigos do mundo e um dos planetários mais visitados da Europa. Está localizado no distrito de Winterhude, Hamburgo, Alemanha, e fica em uma antiga torre de água no centro do Hamburg Stadtpark.

A cidade de Hamburgo, por pessoas locais. Conheça os melhores hotéis, restaurantes, bares e vida noturna da cidade de Hamburgo por uma pessoa local.
Planetarium em Hamburgo. Foto: Google.

3 – MINIATUR WONDERLAND

A Miniatur Wunderland é uma miniatura de estrada de ferro que ocupa uma área de 1.150 m² na cidade de Hamburgo, na Alemanha. Nela, aproximadamente 700 trens percorrem um trajeto, emulando cenários dos Estados Unidos, Suíça, Escandinávia e Alemanha.

Miniature Wonderland em Hamburgo. Foto: Google

4 – MICHEL

A Igreja de São Miguel, coloquialmente chamada Michel, é uma das cinco principais igrejas luteranas de Hamburgo e uma das mais famosas da cidade. St. Michaelis é um marco da cidade e é considerada uma das melhores igrejas barrocas protestantes hanseáticas.

Igreja de São Miguel em Hamburgo.Foto: Google

5 – RATHAUS

A Prefeitura de Hamburgo é a sede do governo da Cidade Livre e Hanseática de Hamburgo, na Alemanha. É a sede do poder executivo e legislativo de Hamburgo e, portanto, é a sede de um dos 16 parlamentos estaduais da Alemanha

Espero que tenham gostado e aproveitem as dicas durante a sua passagem pela cidade de Hamburgo.
Quem já estiver passado pela cidade compartilha com agente as suas dicas.

Rathaus Hamburgo. Foto: Google.

Para mais dicas e aventuras me sigam também no meu Instagram:

@blogdajujucoelho